óleo de coco & higiene oral

Se quiser branquear os dentes de forma natural, o óleo de coco é uma opção.


A Gwyneth Paltrow é uma grande adepta do óleo de coco para hidratar a sua pele, mas também para iluminar o seu sorriso.




Óleo de coco = óleo multifunções


Todos nós já conhecemos o sabor agradável do óleo de coco para acompanhar a confeção dos nossos alimentos.

Além de ser comestível e resistente a temperaturas altas, ele tem também um alto poder de hidratação para o nosso corpo e cabelo, ele pode ser utilizado como loção para remover a maquilhagem ou para lavar os dentes.


Rico em muitas substâncias ativas, ela pode ser usada a qualquer idade e nas peles frágeis e finas do corpo. Um óleo incrível para cuidar de si dos pés a cabeça!


De baixo de 25ºC, o óleo de coco tem um aspeto solido, mas as suas propriedades não são alteradas.



Óleo de coco & os dentes


O óleo de coco é rico em ácido láurico, o que ajuda a reduzir as bactérias que podem causar cáries e placa dentária.


É também um antibacteriano natural que purifica e reduz a acidez na boca, que combate eficazmente a presença e o desenvolvimento de micróbios e elementos patogénicos, como a Candida albicans, e outros responsáveis pelo amarelecimento dos dentes e da placa dentária.


O óleo de coco é também lipofílico, que permite capturar as bactérias lipossolúveis que se escondem entre os dentes e que as pastas de dentes tradicionais não eliminam.



Além dessas propriedades já conhecidas, o óleo de coco tem ações benéficas para saúde oral como:

  • Dentes mais brancas,

  • Diminuição do sangramento e irritações das gengivas,

  • Melhor hálito



Óleo de coco & o corpo


Rico em vitaminas (A,E,K), minerais e ácidos gordos saturados, o óleo de coco nutre profundamente o epiderme e hidrata intensamente para a tonicidade ​​e a vitalidade da sua pele.

As suas virtudes emolientes e nutritivas permitem de combater contra a desidratação, ter um efeito calmante para as queimaduras.


Ela também nutre e alisa a fibra capilar a fim de oferecer mais vida, força, elasticidade e brilho aos cabelos.



Utilização do óleo de coco para higiene bucal


Tem várias formas para usufruir das vantagens do óleo de coco, como por exemplo:


🥥 Oil pulling

Originário da medicina ayurvédica, o fenómeno Oil pulling, voltou a moda para branquear rapidamente e naturalmente os dentes sem recorrer ao dentista.


O procedimento do Oil pulling é de enxaguar a boca energeticamente com uma colher a sopa de óleo de coco durante 20 à 30 minutos.

Neste espaço de tempo, o óleo vai penetrar em todos os sítios que a sua escova de dente não pode atingir.


O tratamento deve ser efetuado diariamente, de manhã, em jejum e com a boca limpa!


👉🏼 Desmonstração neste video em francês ou neste em inglês



Este método é criticado por alguns especialistas por que durante o enxaguamento, o óleo vai se carregar de bactérias presentes na boca, que apresenta um risco de pneumonia lipoide.


Notar que o oil pulling não substitua as medidas clássicas de higiene dentária como escovar os dentes.



🛑 Cuidado, depois de bocejar não cuspir o óleo de coco no lavatório, mas no saco de lixo. Como informado acima, o óleo de coco é solido numa temperatura abaixo de 25ºC. Se o óleo arrefece na sua canalização, pode entupir a mesma.



🥥 DIY Pasta de dente caseira e 100% natural


Para isso, será necessário de misturar os ingredientes seguintes:


6 c.c. óleo de coco

1 c.c. de bicarbonato de sódio

3 c.c. de argila em pó

Facultativo:

2 c.c. de carvão vegetal

3 gotas de óleo essencial de limão




Como escolher a seu óleo de coco


O óleo de coco, de preferência virgem, pode ser escolhido perfumado ou desodorizado para uso direto na boca.


Privilegiar os óleos de coco:


🥥 Biológico

Mesmo se as palmeiras crescem facilmente em diferentes tipo de terra, o aumento de procura é tão alto que a monocultura, leva à destruição da biodiversidade ambiental, bem como a utilização de fertilizantes e de pesticidas que vão poluir terra.


🥥 Vegan

A fim de satisfazer os múltiplos pedidos dos fabricantes e de ganhar tempo e eficácia, são utilizados macacos para a colheita dos cocos. Estes animais, arrancados do seu ambiente natural, acorrentados, são treinados à força para colher o máximo de cocos num dia.



Este sistema opressor, alimentado pela forte solicitação ocidental (sim, por nós próprios), continua a aumentar diariamente e empurra os agricultores a encontrar alternativas cada vez mais rápidas, como a utilização dos macacos.




🥥 Comércio Justo, FairTrade


Expostos diretamente aos produtos químicos nocivos utilizados diariamente ​​nas plantações de palmeiras, e muito mal remunerados, os agricultores também são vítimas do nosso amor pelos cocos.

A colheita dos cocos faz parte dos trabalhos mais precários na Asia, por que os cocos são vendidos aos produtores de óleo a um preço muito baixo.



Infelizmente, o consumidor final é que puxa os preços para baixo, recusando-se a pagar o preço certo pelos produtos.



Por ter origem no outro lado do mundo, o óleo de coco por si, não é um óleo “ecológico”. Por essa razão é importante privilegiar um consumo responsável e cuidadoso pelos pontos que vimos acima.





Fontes:

Business Time

One Green Planet